abusesaffiliationarrow-downarrow-leftarrow-rightarrow-upattack-typeburgerchevron-downchevron-leftchevron-rightchevron-upClock iconclosedeletedevelopment-povertydiscriminationdollardownloademailenvironmentexternal-linkfacebookfiltergenderglobegroupshealthinformation-outlineinformationinstagraminvestment-trade-globalisationissueslabourlanguagesShapeCombined Shapeline, chart, up, arrow, graphlocationmap-pinminusnewsorganisationotheroverviewpluspreviewArtboard 185profilerefreshnewssearchsecurityPathStock downStock steadyStock uptagticktooltiptwitteruniversalityweb

This page is not available in English and is being displayed in Portuguese

Article

Início das eliminatórias europeias para a Copa de 2022 são marcadas por protestos contra violações de Direitos Humanos

“Copa do Catar: a aberração movida por ganância e sofrimento Brasil”, 30 de Março de 2021

...começaram as eliminatórias europeias para a Copa do Catar em 2022, e tiveram início com protestos. Antes da partida com a Islândia, os jogadores da seleção alemã pintaram de próprio punho suas camisetas com letras grandes. Ao posaram lado a lado para as fotos, foi possível ler Human Rights, em alusão às perenes violações dos mais elementares direitos humanos praticados pela monarquia absolutista que reina no Catar.

No dia anterior, os atletas da seleção norueguesa aproveitaram sua estreia contra Gibraltar para se manifestar. Enquanto eram executados os respectivos hinos nacionais, usaram camisas onde estava estampada a frase "Direitos humanos – dentro e fora de campo".

Jogadores da Dinamarca e Holanda seguiram o exemplo dos seus colegas e em suas camisetas para as fotos oficiais lançaram o lema "Football Supports Change"... A Federação Dinamarquesa de Futebol apoiou a ação dos jogadores...

…Fato é que o regime do Catar, através do esporte...despende bilhões de dólares para sediar grandes eventos esportivos como as Copas do Mundo de handebol, futebol e, mais recentemente, de clubes...